ForlabExpress
Ambiente Seguro Ambiente Seguro

Eletrodo de Ph com Corpo de Titânio com Conector BNC + Phono Hanna

Marca: Hanna

Modelo: Eletrodo de pH com corpo de titânio

Referência: HI72911B

Disponibilidade: Disponível em 45 dias úteis


ELETRODO DE REPOSIÇÃO PARA EQUIPAMENTO HI98191.



Por:
R$ 1.430,43

R$ 1.358,91 à vista com desconto Boleto - Yapay

CARACTERÍSTICAS DO ELETRODO DE PH COM CORPO DE TITÂNIO COM CONECTOR BNC + PHONO HANNA

  • A Hanna Instruments oferece uma ampla variedade de eletrodos de pH que são projetados para muitas aplicações diferentes. O tipo de vidro utilizado, material do corpo, tipo de junção, tipo de referência e eletrólito utilizados são apenas algumas das considerações de projeto.
  • O Eletrodo de Ph com Corpo de Titânio com Conector BNC + Phono Hanna usa vidro de proposta geral (GP), lâmpada de ponta plana, corpo de titânio e junção de PTFE com eletrólito de polímero.
  • Formulação de vidro de proposta geral
  • A medição de pH a temperaturas muito elevadas é prejudicial para a lâmpada de vidro sensível e com isso, encurtará a vida útil. Um eletrodo de pH com vidro de proposta geral (GP) terá uma resistência de 100 megaohms a 25 °C enquanto a resistência do vidro LT é de cerca de 50 megaohms a 25 °C. À medida que a temperatura do vidro diminui na amostra, a resistência do vidro LT aproxima-se do vidro GP. Se estiver usando vidro GP, a resistência aumentaria acima do alcance ótimo, resultando em maior impedância e, finalmente, afetando a medição. O Eletrodo de Ph com Corpo de Titânio com Conector BNC + Phono Hanna é adequado para usar com amostras que medem de 0 a 80 °C.
  • Lâmpada de ponta plana
  • A lâmpada de ponta plana embutida do Eletrodo de Ph com Corpo de Titânio com Conector BNC + Phono Hanna é fácil de limpar e evita que os sólidos em solução coletem no sensor. Outras formas de ponta incluem cônica para penetração e esférica para medições aquosas.
  • Corpo de titânio
  • Um corpo de titânio aumenta a imunidade em campos eletrostáticos e magnéticos. Também permite uma forte resistência à corrosão, mesmo na água do mar.
  • Junção de PTFE
  • O politetrafluoroetileno poroso (PTFE) é um material hidrofóbico que está disponível com diferentes porosidades. Este tipo de junção é frequentemente usado em eletrodos com eletrólitos de polímero. Devido às suas vantagens químicas, o PTFE é amplamente utilizado em aplicações industriais.
  • Conector BNC + RCA
  • OEletrodo de Ph com Corpo de Titânio Hanna usa um conector BNC + RCA. Este tipo de conector é universal porque ele pode ser usado em medidores de pH Hanna que possuem um conector fêmea BNC para entrada de pH e RCA para temperatura. Outros tipos de conectores incluem DIN, tipo de parafuso, tipo T e 3.5mm para citar alguns. Esses tipos de conectores tendem a ser proprietários para um determinado tipo de medidor e não são intercambiáveis.
  • Os eletrodos convencionais são normalmente junção única. Esses eletrodos possuem apenas uma única junção entre o fio de referência interno e a solução externa. Em condições adversas, como soluções de alta pressão, alta temperatura, altamente ácidas ou alcalinas, o fluxo positivo do eletrólito através da junção é muitas vezes invertido, resultando na entrada da solução de amostra no compartimento de referência. Se isso for deixado sem controle, o eletrodo de referência pode ficar contaminado, levando a uma falha completa do eletrodo. Outro problema potencial com eletrodos de junção simples é o entupimento da junção devido à precipitação com cloreto de prata (AgCl). A prata pode ser facilmente precipitada em amostras que contêm tampão Tris ou metais pesados. Quando a solução eletrolítica faz contato com a amostra, alguns AgCl precipitarão na face externa da junção. O resultado são leituras detalhadas obtidas a partir do sensor.
  • O sistema de junção dupla da Hanna, como o próprio nome indica, possui duas junções, sendo que apenas uma delas está em contato com a amostra. Em condições adversas, a mesma tendência de entrada da amostra é evidente. No entanto, como o sistema do eletrodo de referência é separado fisicamente da área de eletrólito intermediário, a contaminação do eletrodo é minimizada. A probabilidade de obstrução da junção também é reduzida com um eletrodo de junção dupla, uma vez que a célula de referência externa usa uma solução que é "sem prata". Uma vez que não há presença de prata, não há precipitação que possa formar para entupir esta junção.

Deixe seu comentário e sua avaliação







- Máximo de 512 caracteres.

Clique para Avaliar


  • Avaliação:
Enviar
Faça seu login e comente.

Características



  • Receba descontos especiais e ofertas exclusivas no seu email
-->